4

♣ QUANDO ESTOU SÓ ♣




Quando estou só reconheço...
Se por momentos me esqueço,
Que existo entre outros que são,
Como eu sós, salvo que estão!
Alheados desde o começo.

E se sinto quanto estou,
Verdadeiramente só,
Sinto-me livre mas triste.
Vou livre para onde vou,
Mas onde vou nada existe.

Creio contudo que a vida,
Devidamente entendida...
É toda assim, toda assim.
Por isso passo por mim,
Como por cousa esquecida.
FERNANDO PESSOA

4 Comentários:

Janaina Moraes disse...

Olá, estou passando para lhe apresentar meu blog.
Lá vc encontra resenhas de livros que lí. Dá uma passa lá.

http://aindamaisestorias.blogspot.com/2009/03/ensaio-sobre-cegueira.html

Heva Horrana disse...

que lindo seu blog, adorei principalmente a setinha do mouse rs, beijos :*

 

" Escrevo para mim, para que eu sinta a minha alma falando e cantando, às vezes chorando..."

« Only Secrets » © Copyright 2009 - 2013 - By : Nyelly